Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

PHP/HTML ou um CMS? Qual melhor plataforma para meu website?

Usar um CMS ou optar pelo PHP/HTML /JS puro? Saiba qual a melhor opção para criar seu website.

Você decide criar seu website, um blog ou uma loja virtual e ao procurar plataformas de apoio e soluções para o desenvolvimento se depara com inúmeras opções disponíveis na internet. PHP/HTML, WordPress, Drupal, Joomla, Prestashop, Magento, Etc…

Aí vem a grande dúvida:

Qual o melhor sistema ou plataforma para criar seu website?

Na verdade a pergunta correta não é esta e sim:

Qual o melhor sistema ou plataforma para o TIPO de página que quero desenvolver?

Sendo imparcial, é injusto falar que o sistema X é o melhor de todos ou que o Y é muito ruim.

Hoje em dia a maioria das opções são muito boas e tem seus prós e contras. Cabe a você colocar na balança e ver qual deles se encaixa melhor no objetivo proposto para seu projeto , sempre levando em consideração aspectos como disponibilidade de investimento, conhecimento técnico, dentre outros.

O que é um CMS?

Um CMS (Content Management System), é um aplicativo que permite criar, editar, gerenciar e publicar conteúdo por meio de uma interface gráfica com o usuário. 

É bastante semelhante ao aplicativo do Facebook que você usa para publicar uma atualização de status ou fazer upload de uma foto sem precisar aprender nenhuma linguagem de programação.

Os CMS gratuitos e mais populares atualmente são o WORDPRESS, o JOOMLA e o DRUPAL, sendo que os dois últimos são considerados mais complexos para operar e possuem uma curva de aprendizagem bem maior.

Levando em consideração que o foco deste post é auxiliar o usuário iniciante a escolher seu caminho de desenvolvimento, focaremos no WordPress como opção geral de CMS e como parâmetro principal no desenrolar do post.

Diferença entre utilizar o PHP/HTML/CSS/JS puro e algum CMS para criar seu website

PHP (Hypertext Preprocessor), HTML (HyperText Markup Language) e CSS (Cascading Style Sheets) e JS (Javascript) são linguagens de programação necessárias para criar qualquer site.

Mesmo se você decidiu usar um CMS para criar seu website, ele ainda exigirá um design ou um tema feito com HTML, CSS e PHP, já que estes sistemas são baseados nas linguagens citadas.

A grande diferença é que nos CMS os temas e plugins são desenvolvidos por terceiros e já vem prontos para você usar mesmo sem ter qualquer conhecimento de alguma destas linguagens.

Mas então para que dificultar se podemos facilitar?

Bem, na realidade como já falei antes todas as opções tem suas vantagens e desvantagens e a partir de agora vamos colocá-las na balança e analisar os prós e contras de cada uma e ficará mais fácil você decidir qual caminho seguir.

WordPress

O WordPress detém, de longe, a maior fatia de mercado do CMS e trataremos como foco no comparativo com o sistema de desenvolvimento “Não-CMS”.

Atualmente o WordPress é responsável por mais de um quarto de todos os sites. Inicialmente ele foi criado como uma plataforma de Blogs mas ao longo do tempo foi ganhando recursos e hoje apesar de continuar servido ao seu proposito inicial, vai muito além disso.

De sites institucionais a grandes portais, dá para fazer praticamente qualquer coisa com o WordPress.

Porque tanta gente usa o WordPress?

Sua facilidade de instalação, gerenciamento e edição faz dele a opção preferencial para pequenos e médios sites já que não demanda de quase nenhum conhecimento técnico e o investimento para desenvolvimento e manutenção por parte do usuário é relativamente baixo.

Se o seu projeto é criar um BLOG, o WordPress sem dúvida é uma excelente escolha uma vez que foi concebido principalmente para este fim. 

Plugins e extensões como o WooCommerce por exemplo levam a maioria dos usuários que pretendem criar lojas virtuais a optar pelo WordPress.

Mas nem tudo são flores…

Apesar das qualidades, alguns pontos devem ser considerados e “pesados” na balança para criar seu website?

O primeiro deles é a questão da SEGURANÇA!

Tendo em vista que os plugins e temas são terceirizados, isso deixa o WordPress tecnicamente vulnerável a  ações de hackers. 

Outro ponto importante é em relação ao SEO.

Você nunca alcançará o mesmo patamar de SEO ao criar seu website com WordPress em comparação a um sistema puro e desenvolvido sob medida, pois apesar de inúmeros plugins com esta finalidade, cada um serve para um propósito próprio, que foi idealizado por quem desenvolveu o plugin.

Personalização e edição do Código-Fonte.

Apesar do WordPress disponibilizar uma gama de personalização, em alguns casos mudanças específicas exigem alteração no código fonte do CMS, dos Temas ou de algum plugin.

Neste ponto já adianto:

Mexer nos códigos fonte é uma tarefa que exige muito cuidado e para muitos é uma tarefa bem difícil.

Prós dos CMS (Utilizando como base o WordPress)

  • Instalação relativamente simples.

A maioria dos hosts, inclusive o nosso (https://ricardomd.com.br), oferecem a instalação do WordPress usando o cPanel com apenas alguns cliques.

  • Seu uso é fácil e intuitivo.

Não é necessário nenhum conhecimento em codificação para criar seu website.

  • Disponível em mais de 70 idiomas.
  • Mais de 45 mil plugins gratuitos e vários outros premium dão ao WordPress flexibilidade e adição de funcionalidades em poucos cliques.
  • O investimento para iniciantes e para pequenos sites é baixíssimo, uma vez que o próprio usuário poderá criar seu website e realizar a manutenção do mesmo sozinho, arcando somente com despesas de hospedagem  e registro de domínio.

Hospedagem na medida para seu projeto e domínios diversos! Venha conhecer nossos serviços!

Contras dos CMS (Utilizando como base o WordPress)

  • Como os plugins e temas são de terceiros, muitos deles podem ser inseguros e são a causa das inúmeras vulnerabilidades de segurança no WordPress.
  • Este ponto cresce de importância se seu site pretende guardar informações sensíveis como dados de várias pessoas ou plataformas de pagamento.
  • Apesar de possuir plugins premium de SEO avançado, nunca o resultado obtido será comparado a um SEO desenvolvido sob medida para seu site.
  • A API principal do WordPress não é muito fácil de usar.

Desta forma, o núcleo do WordPress é difícil de mudar.

Qualquer alteração de back-end em um site pode causar problemas.

  • Dependendo da quantidade de plugins instalados e do tamanho do site, o WordPress poderá deixar seu site muito pesado e mais lento que um site codificado sob medida em PHP/HTML.

Muitas vezes o CMS acaba utilizando energia desnecessária para realizar tarefas simples.

  • Necessidade de atualização constante dos plugins e de versão do CMS o que pode em alguns casos causar bugs e conflitos no site.

PHP/HTML/CSS/JS puro

O conjunto de linguagens da qual estamos tratando como um tipo de solução, são a base de grande parte dos CMS, mas, considerando aqui o seu uso de forma personalizada e com código fonte codificado manualmente são utilizados para criar sites estáticos e/ou dinâmicos desde sites pequenos passando por sites de grande porte até aplicações integradas mais robustas.

Performance

Sem dúvida, em questões de performance e personalização, o uso das linguagens para o desenvolvimento de sites e aplicações web são muito mais eficazes considerando o resultado final em comparação com qualquer CMS.

Segurança

Os sites desenvolvidos manualmente utilizando o conjunto de linguagens citados faz com que os donos destes sites de uma forma geral não precisem se preocupar com códigos maliciosos sendo injetados em seu site quando os usuários o visitam uma vez que detém o código-fonte, sem interferência de códigos de terceiros. 

Flexibilidade

A flexibilidade e a originalidade em termos absolutos, propiciada no desenvolvimento usando a linguagem pura é infinitamente maior se comparada ao uso dos CMS. Com os CMS seu site começa como uma solução de tamanho único que é então customizada por meio de plugins e mais plugins.

Tava bom demais pra ser verdade…só vantagens.

Infelizmente não existe solução perfeita.

Em alguns casos o uso da linguagem mesmo com todas suas vantagens pode não ser o ideal para você.

Os dois principais óbices deste tipo de abordagem são a necessidade de conhecimento técnico da linguagem para desenvolver, gerenciar e editar o conteúdo e, no caso de não ter este conhecimento, a necessidade de um investimento financeiro maior em relação a alternativa do CMS.

Se você não domina as linguagens é necessária a contratação de um desenvolvedor de sites para criação do mesmo bem como para sua posterior manutenção e atualização de conteúdo.

É o preço que se paga para usufruir dos benefícios da opção PHP/HTML/CSS/JS no desenvolvimento.

Quer um site e uma hospedagem totalmente gerenciada, sem se preocupar? Faça um contato conosco!

Outro caso em que pode ser vantagem optar por um CMS é se seu projeto for o desenvolvimento de um BLOG já que este tipo de projeto exige atualização e postagens constantes e uma integração mais profunda com as API das principais redes sociais o que faz com que a opção do CMS seja a abordagem ideal.

Prós do uso da linguagem pura no desenvolvimento

  • O cliente/dono do site é detentor de 100% do código-fonte o que faz a segurança seja alta e que as vulnerabilidades sejam bem menores e se por acaso apareçam serão mais fáceis de serem corrigidas pelo desenvolvedor. 
  • O código é criado sob medida para a demanda do cliente, utilizando exatamente os recursos necessários para o uso do site, deixando o ambiente mais leve e otimizado, diminuindo o tempo de carregamento das páginas e aumentando o desempenho.
  • A linguagem pura permite que o código-fonte do site seja estruturado semanticamente e que o SEO seja realizado de maneira personalizada para cada caso, aumentando o ranking junto aos sites de busca.
  • A possibilidade de integração de diversos tipos de sistemas junto ao site principal, bem como a possibilidade de uso de diversos frameworks permite a criação de sites de grande porte e aplicações robustas sem prejudicar a performance final. 

Contras do uso da linguagem pura no desenvolvimento

  • Investimento inicial pode ser um empecilho dependendo da disponibilidade financeira do cliente e dependendo do porte do projeto.
  • Necessidade de conhecimento das linguagens no caso do usuário querer desenvolver e manter seu próprio site sem um investimento mínimo.
  • Necessidade de um profissional para manutenção e gerenciamento do site, o que gera um custo mensal ou esporádico ao cliente dependendo do projeto e da necessidade de atualização de conteúdo.
  • Para BLOGS e Lojas Virtuais, o desenvolvimento em linguagem pura pode deixar o processo bem mais complexo.

No caso dos BLOGS, a necessidade de atualização constante deixa a opção da linguagem pura pouco prática e no caso das Lojas Virtuais a criação e desenvolvimento de um sistema PHP/HTML pode ser muito custoso e demandar um tempo de desenvolvimento muito grande o que muitas vezes se torna pouco indicado.

Bem, espero que o post possa ter elucidado algumas dúvidas e auxiliado na sua decisão de qual caminho seguir ao definir seu projeto de criação de site.

Resumo da ópera!

Em suma, de maneira geral vimos que apesar de desvantagens como investimento inicial e necessidade de um profissional para gerenciamento, a opção da linguagem pura PHP/HTML no desenvolvimento é muito benéfico em termos de performance e segurança e se torna a melhor opção para sites institucionais, de empresas, projetos profissionais ou sites de médio/grande porte.

No caso de Blogs, Lojas Virtuais e projetos onde o usuário não detêm conhecimento de linguagem e deseja ele mesmo alimentar seu site ou nos casos em que não se queira fazer um investimento considerável, o uso do CMS é altamente indicado ao invés do PHP/HTML, principalmente o WordPress, pela sua facilidade de uso e gerenciamento de conteúdo.

Como efeito de comparação, nosso Blog usa a plataforma WordPress e nosso site de soluções web utiliza a linguagem PHP/HTML.

Conheça nosso site e todos os serviços disponíveis. Estamos a disposição para atendê-lo e conversar sobre seu projeto.

Criação, Reformulação, Manutenção e Hospedagem de Sites e Fóruns, SEO, Registro de Domínio!

Veja nossos últimos projetos em destaque